in

4 cervejarias de Goiás que você precisa conhecer

Seguindo nossa viagem pelo Brasil, chegamos agora em Goiás. Terra do povo gente boa, que não decepcionaria a gente, porque a cerveja também é deliciosa. Bom, encha seu copo e anota aí as dicas pra conhecer as cervejarias de Goiás e degustar as cervejas goianas que vou te apresentar.

>> Tem cerveja do Pantanal? <<

Goiás é o estado com o maior número de cervejarias da região centro-oeste, dado levantado pela Abracerva em 2018, o que nos leva a concluir que a região está prosperando no ramo e a tendência é crescer cada vez mais. E é claro: quanto mais o mercado cresce, mais eventos e cervejarias vão aparecendo aos poucos e atraindo novos apaixonados por cerveja.

Sabor do cerrado

Vamos começar com a Cervejaria Goyaz, que mantém uma tradição cervejeira na cidade há alguns bons anos. Essa cervejaria nos leva à primeira linha de cervejas artesanais de Goiânia, a Cerveja Colombina. No seu Instagram podemos entender a paixão da região pela cerveja ao se declarar “cerveja artesanal orgulhosa de ser goiana, a cerveja do Cerrado”.

Durante a produção de suas cervejas são utilizados diferentes sabores do cerrado, transformando seus rótulos em cervejas únicas! A linha é tão grande que terá a segunda edição do Circuito Colombina, uma semana inteira de muita cerveja e gastronomia. Ah, vale dizer também que a Colombina foi a primeira cerveja goiana a ser exportada para a Europa.

Um pouco do passado no presente

Partimos para a Cervejaria Templária, que surgiu da produção na sacada da casa do Gustavo Templar e teve apoio de sua namorada, Amanda. Conseguindo realizar o tão grandioso sonho de abrir uma microcervejaria, a Templária é hoje a grande fornecedora de cervejas para bares e restaurantes da zona rural do interior de Goiás.

Todo o visual da cervejaria gira em torno de passagens históricas. Rótulos com nomes como Athenas, Joana, Cruzada e Jerusalém estão presentes em seu portfólio. É possível agendar uma visita e ter um tour guiado pela fábrica com degustação das cervejas produzidas por lá.

Artesanal de verdade

Tem alguém de Pirenópolis por aí? Há quem diga que é a cidade mais charmosa de Goiás. Pois bem, é lá que se encontra a Cervejaria Santa Dica, mais uma que faz questão de colocar o gostinho da região em suas receitas. Por lá as garrafas são envasadas uma a uma, é um processo super artesanal mesmo. É possível conhecer e degustar seus rótulos nos finais de semana.

Você sabe o que é seresta? Se pensou que tem alguma relação com serenata, acertou. É um dos estilos musicais mais antigos com adição de violões, flauta, cavaquinho e outros instrumentos portáteis. Aqui encontramos a Cervejaria Seresta e esse aviso deles: “Deixe-se levar por uma sinfonia de maltes, notas marcantes de lúpulo e acordes deliciosamente refrescantes. Saia da janela, levante o seu copo e brinde a Seresta que está chegando. Vamos juntos celebrar o melhor da vida e o melhor de Goiás”.

É mais uma produtora que adora adicionar o gostinho goiano em suas receitas. Com rótulos marcantes, tá aqui mais uma cervejaria que precisa estar na sua lista do mochilão pelo Brasil.

Cheers!

Deixe uma resposta

O QUE VOCÊ ACHOU?

18 eventos cervejeiros em 2020

A inspiração e inovação da cervejaria Bodebrown