in , , ,

A união faz mais (e melhores) cervejas

“Não é da benevolência do açougueiro, do cervejeiro e do padeiro que esperamos o nosso jantar, mas da consideração que ele têm pelos próprios interesses.”

No século XVIII Adam Smith já indicava a essência do sistema capitalista. O desejo de conquistar o cliente (e desbancar o concorrente) leva ao aperfeiçoamento de produtos e serviços, beneficiando diretamente o consumidor. Em síntese, o grande motor do capitalismo é a livre concorrência.

O sistema tem funcionado assim por séculos e qualquer um que trabalhe no comércio sabe o quanto é difícil vender e conquistar um lugar no mercado. A concorrência, nos mais diversos setores, é implacável, chegando muitas vezes, a ser desonesta e cruel.

Abrir uma empresa não é tarefa para qualquer um. As cervejarias artesanais mudaram um pouco esta temática, pelo menos em relação à concorrência. Eu não conheço nenhum outro segmento com tantas parcerias e colaborações entre concorrentes.

Um tempo atrás a Burger King propôs um parceria com o Mc Donald’s para fazerem um hambúrguer juntos, em favor do dia da paz. A proposta foi solenemente ignorada.

Entre as cervejarias artesanais, as colaborações tem virado regra. A excelente Imperial Stout On Fleek, da cervejaria cigana Stillwater Artisanal Ales e da americana Casita Cervecería é um belo exemplo.

A Stillwater é bem conhecida do público brasileiro. Eles já fizeram parcerias com as cervejarias Tupiniquim, 2 Cabeças, Way Beer e Morada Cia Etílica. Já a Casita Cervecería é uma micro cervejaria nova no mercado.

Localizada em Vermont, a Casita foi criada em 2015 por Ryan Witter-Merithew, um dos mestres cervejeiros da Hill Farmstead Brewery. A produção é bem limitada, as cervejas são feitas e comercializadas na própria Hill Farmstead.

A parceria com a Stillwater foi o primeiro passo para que a Casita atingisse um público maior. E começaram com o pé direito. A On Fleek é uma Imperial Stout que não fica nada a dever para as melhores do mercado. Malte bem torrado com notórios aromas e sabores de café e chocolate amargo. Uma cerveja bem encorpada, cremosa e que esconde (perigosamente) uma graduação alcoólica de 13%.

As parcerias vieram para ficar e que as próximas sejam tão boas quanto esta.

Quer conhecer outros textos meus, clique aqui!

Deixe uma resposta

Escrito por Avelar Júnior

Sommelier de cervejas direto da terra do Tio Sam

Escritor

Como fazer salmão assado com cerveja!

República Tcheca