in

Alemães compram toda cerveja da cidade para boicotar festival neonazista

Recentemente a cidade alemã de Ostritz foi sede de um festival musical chamado Schild und Schwert (“Espada e Escudo”), organizado por um grupo de extrema direita e defensor do Neonazismo. Os alemães moradores ficaram revoltados e decidiram comprar toda a cerveja da cidade para boicotar o evento.

Uma ordem judicial que determinou a proibição de álcool. Com isso, os moradores tiveram a ideia de comprar toda a cerveja disponível na cidade como uma forma de protesto e para evitar que os participantes comprassem fora e levassem para dentro do evento.

A polícia apreendeu mais de 4.200 litros de cerveja do evento e com a ajuda de aproximadamente 2000 moradores de Ostritz, que compraram mais de 200 caixas de cerveja nos supermercados da cidade, o festival não teve a glória almejada e acabou perdendo forças.

Segundo o site vice.com o plano dos moradores foi elaborado com uma semana de antecedência. Para eles era importante passar a mensagem de que há pessoas não irão tolerar isso, que tem valores diferentes e estão dando o exemplo, e ele não é a imagem de um show de extrema direita.

Participaram do festival entre 500 e 600 neonazistas. Os shows form comandados por “bandas de extrema-direita”. Para garantir a segurança na cidade mais de 1.400 policiais trabalharam no local, incluindo a polícia federal, esquadrões de choque e policiais de outros lugares da Alemanha.

Westvleteren lança site para venda da melhor cerveja do mundo

Deixe uma resposta

O QUE VOCÊ ACHOU?

Escrito por Ana Paula Komar

Jornalista, apaixonada por história, curiosa por culturas e apreciadora de boas cervejas!

InicianteVisualizaçãoEscritorVotação

A mulher no mercado cervejeiro – entrevista com Amanda Reitenbach

Czechvar – a tradicional cerveja da República Tcheca