in

Alimentos sem glúten: saiba por que eles existem

Para começar nosso papo sobre alimentos sem glúten, incluindo a cerveja, é claro, vamos a uma pergunta bem simples. Afinal o que é glúten? O glúten é uma proteína natural de armazenamento presente em vários cereais, como o centeio, o trigo e a nossa amada cevada. Ou seja, diferente da gordura trans, o glúten não foi criado pela industria de alimentos. O glúten presente nesses e outros cereais confere viscoelasticidade da massa composta pela mistura de farinha. Sabe aquele pãozinho bem fofinho feito com farinha de trigo e que é uma delícia? Sim o glúten é um dos grandes responsáveis por ele ficar assim.

Mas com certeza você já deve ter visto por aí muitos alimentos com a frase “não contem glúten” no rótulo. De um tempo para cá o glúten esteve muito aliado a dietas para emagrecimento ou até mesmo relacionado a uma vida saudável. Porem consumir alimentos livres de glúten não significa que você está tendo uma alimentação mais saudável, ou que ira emagrecer, isso irá ocorrer pelo fato de cortar da dieta alimentos também com grande presença calórica, como pães, bolos, tortas, etc.. Segundo o site Saúde, pesquisadores da Universidade de Houston, nos Estados Unidos, mostraram que acrescentar palavrinhas mágicas nos rótulos — “antioxidante”, “orgânico” e, claro, diante de tanto bafafá sem base científica, “livre de glúten” — causa a impressão no consumidor de que o produto será mais saudável do que ele realmente é. E o fato de um alimento ser livre de glúten não significa que ele seja menos calórico.

Mas não foi somente por essas questões que existem alimentos livres de glúten. Há pessoas que são intolerantes à proteína, sendo que seu consumo poderá causar algum tipo de mal estar, isso não significa que elas são celíacas, já que o desconforto pode ou não acontecer. Já para as pessoas que possuem a doença celíaca o glúten não é bem aceito pelo intestino. A presença da proteína no organismo do celíaco pode causar diarreia, anemia, perda de peso, osteoporose, câncer e até déficit de crescimento em crianças. Segundo o site Saúde o celíaco não possui uma enzima responsável por quebrar o glúten e a proteína não é bem processada, fazendo assim o sistema imune reagir e atacar a mucosa do intestino delgado. Isso causa lesões e prejudica o funcionamento do órgão. Somente a dieta livre da proteína garante qualidade de vida.

Para aqueles que são celíacos a leitura do rótulo de um produto é importantíssima para garantir que ele irá consumir um alimento livre da proteína e garantira seu bem estar.

E existe cerveja sem glúten?

Para os apaixonados por cerveja, ficar sem o liquido sagrado não é uma tarefa fácil. Mas já pensou descobrir ser intolerante a glúten? Então, se você não pode mais tomar aquele cerveja artesanal, que gosta tanto, por causa do glúten, não se preocupe. Depois de várias tentativas e com o desenvolvimento de algumas técnicas, algumas cervejarias passaram a produzir cervejas sem glútenE, no entanto, com a mesma qualidade de suas cervejas comuns, certamente muito parecidas com seus rótulos de cervejas tradicionais.

Então, para facilitar ainda mais a sua busca por uma cerveja sem glúten de qualidade, criamos um kit especial de cervejas sem glúten. Acesse AQUI e confira!

Deixe uma resposta

O QUE VOCÊ ACHOU?

Escrito por Ana Paula Komar

Jornalista, apaixonada por história, curiosa por culturas e apreciadora de boas cervejas!

InicianteVisualizaçãoEscritorVotação

6 das mais clássicas e melhores cervejas americanas

Resilience IPA – a cerveja criada para ajudar as vitimas do Camp Fire