in

Governo cria Câmara da Cerveja para representar os interesses do setor no país

A última quarta-feira (30) foi oficialmente instalada a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cerveja em Brasília, no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A Câmara da Cerveja, incentivada há dois anos pela Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), terá como foco principal analisar o setor, colaborar com a criação de políticas públicas e assessorar o Governo Federal em temas relacionados ao segmento. A câmara representará os interesses do setor perante o governo.

Cervejas lupuladas sem lúpulo. Como assim?

Para defender os interesses de todo o setor, Carlo Lapolli, representante da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), assumiu a presidência do grupo. O intuito, segundo ele, é atuar em prol do fortalecimento de todo o mercado nacional. “A Câmara surgiu com um único objetivo: transformar o cenário cervejeiro do país, trazendo melhorias para toda a cadeia. Somente desta forma conseguiremos nos destacar em âmbito mundial. Entendemos que, para isso, é necessário que todos estejam alinhados e trabalhando em conjunto. E é exatamente isso que buscaremos fazer”, afirma.

Ainda de acordo com ele, o desafio é transformar o mercado para manter o Brasil em posição de destaque no cenário mundial da cerveja. “Acreditamos que o diálogo permanente, franco e aberto entre todos os envolvidos é fundamental para o crescimento do segmento. Desde os cervejeiros caseiros, das pequenas às grandes multinacionais, os produtores de lúpulos, insumos, embalagens e órgãos como Sebrae e Apex, todos estarão representados no grupo, em busca de um único objetivo: um cenário regulatório e fiscal mais favorável aos empreendedores”, encerra.

Carlo Lapolli Foto: Bruno Dupon

Além da Abracerva, outras três instituições estarão reunidas para debater os interesses do mercado: Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe), Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil) e Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindcerv). Além delas, a Associação de Cervejeiros Artesanais (Acerva Nacional) também fará parte do grupo, representando os produtores caseiros.

Esse é um marco importante para o mercado cervejeiro. Manter um diálogo aberto e buscar um cenário regulatório e fiscal mais favorável aos empreendedores é algo que trará grande ganho para a cena cervejeira nacional.

 

 

 

Kit Engradado Brasil

Compre 5 Cervejas e Leve 10

de R$ 128,00
por R$

76,90

Comprar

* Ao clicar em comprar você será redirecionado para a página do produto em nossa loja.

Deixe uma resposta

O QUE VOCÊ ACHOU?

Escrito por Ana Paula Komar

Jornalista, apaixonada por história, curiosa por culturas e apreciadora de boas cervejas!

InicianteVisualizaçãoEscritorVotação

Cervejas americanas – tudo sobre essa lupulada escola cervejeira

Jerusalém: mais de 5 mil anos de relação com a cerveja