in , ,

Sustentabilidade nas cervejarias: o equilíbrio entre produção e cuidado com o meio ambiente

Sustentabilidade – palavra de ordem se quisermos ter um futuro vivo e melhor para o mundo. Durante anos a indústria acelerou suas máquinas sem compromisso com os efeitos que isso poderia trazer ao planeta. A busca pela modernidade trabalhou em ritmo acelerado para chegarmos no que temos hoje. A cada ano somos impactados por novos celulares, computadores, equipamentos tecnológicos de modo geral, carros, maquinários agrícolas e industriais que fazem coisas que há alguns anos atrás jamais imaginaríamos que seria possível. Claro, que todo esse progresso contribui para uma vida com muito mais facilidades, seja no cotidiano das pessoas ou no trabalho, mas fabricas, inclusive nas cervejarias. Mas agora é a hora de repensarmos em certas ações se quisermos deixar para o futuro um mundo habitável e isso é responsabilidade de todos: todas as pessoas, todos os governos, todas as empresas, seja de qualquer segmento. Empresas com atitudes sustentáveis passam, inclusive, a ser mais bem vistas pelo público consumidor. E no setor cervejeiro não é diferente. A sustentabilidade nas cervejarias já é realidade.

Sustentabilidade em prática

Recentemente a Budweiser anunciou através do comercial “Wind Never Felt Better” que todos os seus produtos daqui para frente serão fabricados com energia eólica. Isso já é parte do objetivo da marca de utilizar apenas energia renovável até 2025. A Anheuser-Busch InBev declarou que ao passarem a utilizar 100% de energia renovável sua emissão de carbono diminuiu em 30%, o equivalente a retirar praticamente 500.000 carros das estradas.

Sabemos que no momento, que nem todas as cervejarias são capazes de realizar mudanças imediatas, mas há uma série de ações menores, possíveis de serem adotadas, para melhorar a questão sustentabilidade. O preço para essa mudança é uma das barreiras mais significativas, mas, é possível começar implementando iniciativas básicas de sustentabilidade antes de fazer a transição completa para as energias renováveis.

>> O Ambiente é nosso! – veja como colaboramos <<

Segundo o site craftbrewingbusiness.com uma cervejaria no Colorado percebeu que gerava muitos resíduos e adotou atitudes simples com pequenas mudanças que fazem a diferença. Uma delas foi a implementação de secador de mão para substituir o papel; também instalaram caixotes de reciclagem no local para funcionários e membros da comunidade depositarem sua reciclagem; a gerência levou isso ainda mais longe e implementou regulamentos para eventos em grupo que exigiam que qualquer pessoa que usasse seu espaço fosse responsável por coletar e descartar seus resíduos, o que também serviu para ajudar os clientes a entender suas próprias contribuições; passou ainda a trabalhar com agricultores locais para reciclar os grãos gastos. Como resultado desses esforços, a cervejaria viu sua produção de resíduos por barril diminuir em 50% ao longo de um período de três anos. Um excelente resultado.

O site craftbrewingbusiness.com também traz dados sobre uma cervejaria no Alasca que implementou um sistema de recuperação de CO2. Isso lhes permitiu capturar o CO2 de seu processo de fabricação de cerveja e usá-lo para engarrafar ou encher sua cerveja. Com esse sistema, eles não precisavam mais de remessas regulares de tanques de CO2, porque podiam reutilizar o CO2 que criaram no próprio processo de fabricação de cerveja.

Cervejarias e empresas Brasileiras

No Brasil, algumas cervejarias também já trabalham de maneira mais sustentável. Um exemplo é a cervejaria Edelbrau, uma referência no mercado de cervejas artesanais do país pelas ações sustentáveis que vem colocando em prática. Eles utilizam energia solar, caldeira com lenha de reflorestamento, cisternas para captação de água da chuva, que é utilizada para limpeza em geral e irrigação de plantas – você sabia que a água representa 90% do volume total da bebida e é utilizada em larga escala durante o processo de fabricação? Logo, realizar pequenas iniciativas que possam reduzir esse consumo já é bastante representativo na soma final.

Em 2018 duas empresas curitibanas, a Whatafuck Hamburgueria e a Öus Brasil trabalharam na criação de um tênis com solado produzido com resíduos de bagaço de malte da cerveja produzida pela Whatafuck.

Sustentabilidade nas cervejarias

Clube do Malte possui um portfólio com mais de 1000 itens cervejeiros, entre cervejas e acessórios. São inúmeras caixas recebidas no estoque toda semana, que geram em torno de 1000 quilos por mês de material reciclado. Para dar o destino certo para todo o lixo reciclável que se produz no estoque e também no escritório, como papel, papelão e vidro, o Clube do Malte fechou uma parceria com a ProCerto Reciclagem e Gestão Ambiental, que faz o recolhimento de tudo que pode ser reciclado. Os demais itens, orgânicos e não-recicláveis, são devidamente separados e contam com o sistema de coleta de lixo da Prefeitura de Curitiba, que faz o recolhimento separadamente. Além disso, o Clube reaproveita todas as caixas de papelão recebidas das cervejarias, que estejam em bom estado para transporte, para enviar pedidos dentro de Curitiba, onde fica a sede e estoque da empresa, pois dentro da cidade o risco de avaria ao produto é minima, devido as poucas distancias percorridas.

Em São Paulo, no bairro Alto Pinheiros, região com grande concentração de bares, a Goose Island, em parceria com a startup Green Mining, instalou um sistema para coleta de garrafas vazias para destinação correta de descarte. Coletores percorremo bairro de bicicleta, pegando as garrfaas de vidro dos estabelecimentos parceiros. Depois disso, o material é encaminhado para a fábrica de vidros da Ambev, onde é reciclado e transformado em novas garrafas.

E as latas, são opções sustentáveis? 

Sustentabilidade nas cervejarias

O uso de latas para envasar a bebida também é uma saída em prol da sustentabilidade, Você sabia que 97,7% dos alumínios utilizados no Brasil são reciclados? Tornando o país o maior reciclador do material no mundo. Latas são opções inovadoras, sustentáveis, convenientes e confiáveis para o consumo de bebidas. Feitas de alumínio e infinitamente recicláveis, quando descartadas corretamente retornam às prateleiras dos mercados em apenas 60 dias. Versáteis e fáceis de transportar, as latinhas também são as mais indicadas para eventos e atividades outdoor como praia, shows e aquele tradicional churrasco com os amigos.

Todos esses são apenas alguns exemplos das muitas cervejarias que já estão trabalhando para fazer a diferença em termos de impacto no meio ambiente. Existem várias medidas que cervejarias de todos os tamanhos podem adotar para oferecer mais suporte ambiental. Iniciativas simples como o reaproveitamento do bagaço de malte para a produção de pão, por exemplo, já praticados por muitas cervejarias em parceria com panificadoras, é algo que já contribui bastante.

Os exemplos utilizados por cervejarias mundo a fora são vários e com uma rápida pesquisa na internet você pode coletar ao menos uma dezena deles. Cuidar do nosso planeta é dever de todos!

 

 

Um comentário

Responder
  1. Mó barato essas iniciativas das cervejarias e do Clube do Malte!
    Em Minas, a Antuérpia também tem feito vários esforços para minimizar o impacto através de estação de tratamento integrada à fábrica.
    Aqui no RJ a Alter tem várias preocupações com essa questão de usar luz solar pra evitar desperdício de energia e a destinação dos bagaços da produção pra ração animal. A gente fala sobre isso no vídeo que fizemos deles lá no canal: https://www.youtube.com/channel/UCp51D1mnjTJbjY9FRgARRVw

    E outra cervejaria sensacional que também tem uma mega preocupação com o impacto no meio ambiente é a MasterPiece em Niterói. Vale a pena conhecer o trabalho deles!

Deixe uma resposta

O QUE VOCÊ ACHOU?

Escrito por Ana Paula Komar

Jornalista, apaixonada por história, curiosa por culturas e apreciadora de boas cervejas!

InicianteVisualizaçãoEscritorVotação

Como perder a barriguinha sem parar de beber cerveja

5 drinks com cerveja para fazer em casa