• Assinatura Recorrente
  • Amargor
  • Característica
  • Cervejaria
  • Embalagem
  • Estilo
  • País
  • PontoProduto
  • PrecoAssinante
  • PrecoInvestidor
  • Teor Alcoólico
  • Volume
  • Categoria
  • Marcas
Preço por

Cervejas Stout: as famosas cervejas escuras

A cerveja Stout pertence à família Ale, o que significa que é uma cerveja de alta fermentação. Segundo algumas “lendas cervejeiras”, ela foi criada como um meio de driblar os altos impostos que o Reino Unido aplicava sob o malte de cevada. Com isso os fabricantes passaram a produzir suas cervejas com cereais não maltados e que eram mais torrados. Assim foram surgindo alguns estilos de cerveja mais torradas, entre elas a Stout.

Mas não podemos contar especificamente a história da cerveja Stout sem falar da Porter, cerveja criada em meados do século XVIII em Londres, na Inglaterra. Com o tempo foram surgindo diversas variações da Porter,  sendo uma delas mais encorpada, negra e alcoólica, que de modo geral era mais forte e mais cara, ficou conhecida como Stout Porter.

Essa cerveja caiu no gosto dos londrinos e algum tempo depois também começou a ganhar adaptações, e com o passar dos anos ganhou o status de estilo Stout.

As características de uma Stout são os aromas e sabores de cacau e café, espuma cremosa, bastante persistente e que pode ganhar um visual bege ou caramelo e a sua coloração é marrom escura ou preta.

Dentro do estilo Stout existem algumas variações como a Dry Stout; a Oatmeal Stout; a Sweet Stout, a American Stout e a Russian Imperial Stout.

O exemplar mais famoso do estilo é a cerveja Guinness, de origem irlandesa, além da O’Hara’s Irish Stout e a Fuller’s Black Cab e as nacionais Baden Baden Stout, Bierland Stout, Dum Petroleum, Lohn Bier Carvoeira e Tupiniquim Manjar dos Deuses.

69 produtos
Ordenar por:

Ordenar por

Ordenar por:

    Filtrar por

    • Assinatura Recorrente
    • Amargor
    • Característica
    • Cervejaria
    • Embalagem
    • Estilo
    • País
    • PontoProduto
    • PrecoAssinante
    • PrecoInvestidor
    • Teor Alcoólico
    • Volume
    • Categoria
    • Marcas
    • Faixas de Preço

    Cervejas Stout: as famosas cervejas escuras

    A cerveja Stout pertence à família Ale, o que significa que é uma cerveja de alta fermentação. Segundo algumas “lendas cervejeiras”, ela foi criada como um meio de driblar os altos impostos que o Reino Unido aplicava sob o malte de cevada. Com isso os fabricantes passaram a produzir suas cervejas com cereais não maltados e que eram mais torrados. Assim foram surgindo alguns estilos de cerveja mais torradas, entre elas a Stout.

    Mas não podemos contar especificamente a história da cerveja Stout sem falar da Porter, cerveja criada em meados do século XVIII em Londres, na Inglaterra. Com o tempo foram surgindo diversas variações da Porter,  sendo uma delas mais encorpada, negra e alcoólica, que de modo geral era mais forte e mais cara, ficou conhecida como Stout Porter.

    Essa cerveja caiu no gosto dos londrinos e algum tempo depois também começou a ganhar adaptações, e com o passar dos anos ganhou o status de estilo Stout.

    As características de uma Stout são os aromas e sabores de cacau e café, espuma cremosa, bastante persistente e que pode ganhar um visual bege ou caramelo e a sua coloração é marrom escura ou preta.

    Dentro do estilo Stout existem algumas variações como a Dry Stout; a Oatmeal Stout; a Sweet Stout, a American Stout e a Russian Imperial Stout.

    O exemplar mais famoso do estilo é a cerveja Guinness, de origem irlandesa, além da O’Hara’s Irish Stout e a Fuller’s Black Cab e as nacionais Baden Baden Stout, Bierland Stout, Dum Petroleum, Lohn Bier Carvoeira e Tupiniquim Manjar dos Deuses.

    Ver mais... Ver menos...
    Você está no Beer Brokers. Ir para o Clube do Malte
    X