A Cervejaria Bosteels, responsável pela Pauwl Kwak, foi criada no ano de 1791 por Evarist Bosteels e está localizada na vila de Buggenhout, na província do Flandres Oriental, Bélgica. A cervejaria ainda permanece sob propriedade da família mesmo depois de 200 anos e sete gerações. Sua história recaí sobre a era napoleônica, quando Pauwel Kwak era cervejeiro e dono de uma taverna, o The Hoorn em Dendermonde. Muitas carruagens paravam por lá durante todo o dia e os cocheiros não podiam entrar no local para se refrescar com uma bebida.

Pauwel Kwak teria então desenvolvido um copo único, com um formato de corneta, com a extremidade de baixo redonda, que encaixasse nas carruagens, permitindo que os cocheiros pudessem tomar a sua cerveja com tranquilidade. A cervejaria preservou a história e recriou o copo para sua cerveja. Didaticamente o copo da cerveja é classificado como um Yard (jarda em português), uma unidade de medida de distância que corresponde a praticamente 1 metro. O copo de vidro ainda tem um suporte de madeira, igual ao suporte das carruagens. Existem ainda versões de suporte que podem receber dois ou quatro copos da Kwak.

Conheça a famosa cerveja Pauwel Kwak:

Coloração alaranjada, espuma bege, densa de média persistência. Aroma com notas de frutado, cítrico, mel, malte bem presente e lúpulo. Sabor de malte, lúpulo, cítrica, doce, frutada, mel e caramelo. Nos goles finais percebe-se que o aroma de mel aumentou muito, quase que “exalando mel”, deixando ela com um “aroma final” bem doce. Carbonatação média. Álcool perceptível, porém muito bem equilibrado. Possui 8% de teor alcoólico.

0 produtos
Ordenar por
    Filtrar por

    A Cervejaria Bosteels, responsável pela Pauwl Kwak, foi criada no ano de 1791 por Evarist Bosteels e está localizada na vila de Buggenhout, na província do Flandres Oriental, Bélgica. A cervejaria ainda permanece sob propriedade da família mesmo depois de 200 anos e sete gerações. Sua história recaí sobre a era napoleônica, quando Pauwel Kwak era cervejeiro e dono de uma taverna, o The Hoorn em Dendermonde. Muitas carruagens paravam por lá durante todo o dia e os cocheiros não podiam entrar no local para se refrescar com uma bebida.

    Pauwel Kwak teria então desenvolvido um copo único, com um formato de corneta, com a extremidade de baixo redonda, que encaixasse nas carruagens, permitindo que os cocheiros pudessem tomar a sua cerveja com tranquilidade. A cervejaria preservou a história e recriou o copo para sua cerveja. Didaticamente o copo da cerveja é classificado como um Yard (jarda em português), uma unidade de medida de distância que corresponde a praticamente 1 metro. O copo de vidro ainda tem um suporte de madeira, igual ao suporte das carruagens. Existem ainda versões de suporte que podem receber dois ou quatro copos da Kwak.

    Conheça a famosa cerveja Pauwel Kwak:

    Coloração alaranjada, espuma bege, densa de média persistência. Aroma com notas de frutado, cítrico, mel, malte bem presente e lúpulo. Sabor de malte, lúpulo, cítrica, doce, frutada, mel e caramelo. Nos goles finais percebe-se que o aroma de mel aumentou muito, quase que “exalando mel”, deixando ela com um “aroma final” bem doce. Carbonatação média. Álcool perceptível, porém muito bem equilibrado. Possui 8% de teor alcoólico.