NOVO POR AQUI? GANHE UM COPO CERVEJEIRO EXCLUSIVO! USE O CUPOM PRIMEIRACOMPRA Saiba mais
  • Amargor
  • Característica
  • Cervejaria
  • Coloração
  • Copo Sugerido
  • Estilo
  • Harmoniza Com
  • País
  • Teor Alcoólico
  • Volume
  • Categoria
  • Marcas
  • Assinatura Recorrente
Preço Por

Frutadas

Afinal de contas, o que é cerveja frutada?

Ela é uma cerveja com frutas? Não necessariamente. Há basicamente dois tipos de cervejas frutadas: as que levam adição de frutas em suas receitas e as que não são feitas com frutas, mas ganham características frutadas no aroma e sabor devido aos tipos de insumos usados em sua produção, como o tipo de lúpulo e levedura.

As cervejas do estilo Fruit Beer são aquelas feitas com frutas. A escolha desses ingredientes tem o poder de alterar o corpo, cor, aroma e sabor final da bebida. A produção da Fruit Beer parte de um estilo de cerveja base, como Weiss, Stout, Porter, Pale Ale, entre outros, à qual se acrescenta uma fruta com o objetivo de enriquecer a bebida.

Mas mesmo sem adicionar frutas na receita é possível ganhar características frutadas na cerveja. Além de trazer amargor para a bebida, uma das funções do lúpulo é também trazer aroma à cerveja. Existem mais de 100 variedades de lúpulo e cada uma tem suas características próprias, conferindo mais ou menos amargor, sabores e aromas cítricos, herbais ou frutados, como os lúpulos americanos, que atribuem aromas de frutas amarelas à cerveja. Essa enorme variedade permite que o cervejeiro determine qual tipo de lúpulo é o mais adequado às suas necessidades.

Além do lúpulo, alguns tipos de levedura, principalmente as belgas, também tem esse poder de proporcionar notas frutadas à cerveja, mesmo quando essa não leva adição de fruta alguma.

Em resumo, as cervejas frutadas podem ser consideradas aquelas com adição da fruta como ingrediente da receita, ou aquelas que ganham notas de frutas no aroma e sabor devido ao tipo de insumos básicos que são escolhidos para a sua produção.

244 produtos
Ordenar por:
Ordenar por
Ordenar por:
    Filtrar por
    • Amargor
    • Característica
    • Cervejaria
    • Coloração
    • Copo Sugerido
    • Estilo
    • Harmoniza Com
    • País
    • Teor Alcoólico
    • Volume
    • Categoria
    • Marcas
    • Faixas de Preço
    • Assinatura Recorrente

    Frutadas

    Afinal de contas, o que é cerveja frutada?

    Ela é uma cerveja com frutas? Não necessariamente. Há basicamente dois tipos de cervejas frutadas: as que levam adição de frutas em suas receitas e as que não são feitas com frutas, mas ganham características frutadas no aroma e sabor devido aos tipos de insumos usados em sua produção, como o tipo de lúpulo e levedura.

    As cervejas do estilo Fruit Beer são aquelas feitas com frutas. A escolha desses ingredientes tem o poder de alterar o corpo, cor, aroma e sabor final da bebida. A produção da Fruit Beer parte de um estilo de cerveja base, como Weiss, Stout, Porter, Pale Ale, entre outros, à qual se acrescenta uma fruta com o objetivo de enriquecer a bebida.

    Mas mesmo sem adicionar frutas na receita é possível ganhar características frutadas na cerveja. Além de trazer amargor para a bebida, uma das funções do lúpulo é também trazer aroma à cerveja. Existem mais de 100 variedades de lúpulo e cada uma tem suas características próprias, conferindo mais ou menos amargor, sabores e aromas cítricos, herbais ou frutados, como os lúpulos americanos, que atribuem aromas de frutas amarelas à cerveja. Essa enorme variedade permite que o cervejeiro determine qual tipo de lúpulo é o mais adequado às suas necessidades.

    Além do lúpulo, alguns tipos de levedura, principalmente as belgas, também tem esse poder de proporcionar notas frutadas à cerveja, mesmo quando essa não leva adição de fruta alguma.

    Em resumo, as cervejas frutadas podem ser consideradas aquelas com adição da fruta como ingrediente da receita, ou aquelas que ganham notas de frutas no aroma e sabor devido ao tipo de insumos básicos que são escolhidos para a sua produção.