in

Ambev doará álcool gel e é acusada de embalar campanha de marketing como filantropia

No dia 17 de março, a Ambev anunciou que irá usar uma de suas fábricas no Brasil para produzir 500 mil unidades de álcool em gel que serão doadas para hospitais públicos nos municípios de São Paulo, Rio de Janeiro e de Brasília, onde se concentram a maioria dos casos de Covid-19, a doença causada pelo coronavírus, no Brasil até o momento.

A marca ainda afirmou que arcará com a logística para entregar as 500 mil unidades de álcool em gel da Ambev em cada hospital público desses municípios. A iniciativa é, sem dúvida, digna de aplausos, não só para a Ambev, como para várias outras marcas que também estão usando de suas fábricas para a produção de álcool em gel e que irão distribuir gratuitamente a quem precisa.

Uma delas é a BrewDog, cervejaria escocesa, que também produzirá e doará o produto, no caso deles, para instituições de caridade. E felizmente essa ação é abordada não só pelo mercado cervejeiro, existem muitas empresas, grandes, médias ou pequenas, que estão realizando ações em prol da sociedade nesse momento – o que é muito bom!

Campanha de marketing embalada como filantropia. Será?

No caso da Ambev, surgiu uma polêmica no tocante à real intenção da corporação com essa ação. O The Intercept Brasil, publicou na última sexta-feira, 20 de março, que:

“Num grupo de WhatsApp divulgado no Linkedin pelo diretor de Inovações Felipe Cerchiari, e a cujo histórico o Intercept teve acesso, a Ambev propôs a outras empresas que financiassem a produção de novos lotes do álcool em gel em troca de publicidade nas embalagens e divulgação de mídia. A depender da quantidade de dinheiro investido, o logotipo impresso nas embalagens varia de tamanho conforme o gasto”, trecho completo da postagem.

Segundo essa publicação, no catálogo apresentado no mensageiro instantâneo as cotas de patrocínio custam de R$ 60 mil a R$ 2 milhões. Os valores equivalem ao tamanho em que a logomarca do patrocinador será exposta no rótulo das garrafinhas de álcool em gel.

“Ao entrar no grupo, representantes de empresas como iFood, Alelo e Scania recebiam uma apresentação com a proposta de parceria. A Ambev tenta, no documento, convencer as grandes corporações que a visibilidade e o retorno serão garantidos”, trecho completo da publicação do The Intercept Brasil.

A Ambev foi questionada sobre esse fato e respondeu em nota somente que “se une à intenção de centenas de outras empresas do país nos esforços conjuntos para mitigar os efeitos da Covid-19 à população”.

Trouxemos aqui nesse post alguns pontos principais apresentados pelo The Intercept Brasil em relação a esse fato, mas super indico que você confira a matéria completa nesse LINK AQUI. O conteúdo apresenta ainda mais alguns dados sobre custos da Ambev para a produção do álcool em gel e sobre tipos de mídia gratuita, comparadas a propagandas pagas, que se pode gerar com ações como essa. Vale muito a pena conferir!

E você já sabe né, estamos com o canal de comentários aqui aberto para saber a sua opinião. Conta aqui pra gente!

Deixe uma resposta

O QUE VOCÊ ACHOU?

Escrito por Ana Paula Komar

Jornalista, apaixonada por história, curiosa por culturas e apreciadora de boas cervejas!

InicianteVisualizaçãoEscritorVotação

É hora de tomar a sua cerveja em casa!

O que você entende por estilos de cerveja? – São um conceito ou uma fórmula para premiar em concursos